Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PPGSP) da UFSC está vinculado ao Departamento de Sociologia e Ciência Política e estruturado através de sete linhas de pesquisa que abrigam 14 núcleos e/ou laboratórios de pesquisa. Nesta página, você encontrará as principais informações sobre o curso, com os respectivos links que dão acesso aos documentos e ao conjunto de atividades desenvolvidas por nosso Programa.

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PPGSP) da UFSC tem sua origem no ano de 1976, momento em que se implantou o Curso de Especialização em Ciências Sociais, com áreas de concentração em antropologia e sociologia. Face aos resultados positivos então obtidos, optou-se, em 1978, por uma proposta de criação do Curso de Mestrado em Ciências Sociais, o qual mantinha as duas áreas de concentração anteriores. Um amplo processo de reestruturação interna, realizado em 1985, acarretou finalmente no desmembramento desta estrutura em dois mestrados distintos e com coordenação própria: Sociologia Política e Antropologia Social.

O PPGSP tem por objetivos principais: a formação acadêmica no mestrado e no doutorado; a produção de conhecimento na área de sociologia política, através do desenvolvimento de estudos e pesquisas voltados para os fenômenos sócio-culturais, econômicos e políticos que conformam as sociedades contemporâneas, notadamente a realidade brasileira; a divulgação de estudos e pesquisas, através de publicações em diferentes veículos (livros, periódicos, anais, revistas, etc); a participação e a troca de reflexões em foruns acadêmicos; a participação e a devolução do conhecimento adquirido para a comunidade mais ampla, através de um diversificado conjunto de atividades de extensão. Os temas de investigação recobrem um amplo leque de questões relevantes para a compreensão das relações e dos processos societais sob o registro de abordagens que reconhecem as inter-relações entre os fenômenos sociais, econômicos e políticos.

O Programa apresenta as seguintes Linhas de Pesquisa:

1) Ciência, saúde e meio-ambiente;
2) Instituições, comportamento político e políticas públicas;
3) Movimentos sociais, participação e democracia;
4) Pensamento político e social;
5) Representações Sociais e Produções Simbólicas;
6) Trabalho, Mercado, Estado e Sistema Financeiro.

O Programa tem conceito cinco na avaliação da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério de Educação) e recebe bolsas da CAPES/PROF e do CNPq.